(31) 3224-2434
(31) 3224-0017
 Área do Usuário Entre ou cadastre-se
Notícia
            Notícias             Notícias             Recursos da “Coleta para a Evangelização” fortalecem iniciativas pastorais, formação de catequistas e leigos no brasil
Recursos da “Coleta para a Evangelização” fortalecem iniciativas pastorais, formação de catequistas e leigos no brasil 02 de Dezembro de 2022 CNBB Nacional
A a     

Projeto de formação de Atualização dos Catequistas Brasileiros, acompanhamento às equipes de Animação Bíblica da Pastoral nos 19 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fortalecimento da organização dos leigos e leigas do Brasil, como produção de material e a organização de encontros do Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB).

Ações como as descritas acima são fortalecidas com recursos da Coleta pra a Evangelização 2022, promovida pela CNBB e pelas dioceses e Igrejas particulares da Igreja no Brasil. A Campanha da Evangelização foi criada pela CNBB em 1998 e busca mobilizar os católicos para que assumam a corresponsabilidade na sustentação das atividades evangelizadoras da Igreja. Ela ocorre a partir do Domingo de Cristo Rei até o 3º Domingo do Advento.

Este ano, a Campanha teve início no último domingo, 20 de novembro, com o tema “Evangelizar: graça e missão que se dá no encontro”. A iniciativa busca mobilizar os católicos para a corresponsabilidade na sustentação das atividades evangelizadoras da Igreja e tem como ponto alto a coleta realizada nas comunidades, no 3º Domingo do Advento, este ano, nos dias 10 e 11 de dezembro.

O tema desta edição está em sintonia com o 3º Ano Vocacional celebrado pela Igreja no Brasil de 20 de novembro de 2022 a 26 de novembro de 2023, com o tema “Vocação: Graça e Missão”. A reflexão proposta para esta Campanha para a Evangelização recorda que evangelizar é a vocação da Igreja e, nela, a vocação de cada batizado, discípulo missionário de Jesus Cristo. “Essa vocação é dom e compromisso, ou seja, é graça e missão, a qual se realiza no encontro interpessoal, intercomunitário, intergeracional, etc.”, destaca um trecho do texto-base.

Promover a cultura do encontro

“Neste Tempo do Advento, no qual se realiza o tempo forte da Campanha para a Evangelização, Deus vem ao nosso encontro e renova a nossa esperança de um mundo novo. Queremos, portanto, convidar todos os cristãos e demais pessoas de boa vontade a intensificar: o encontro com a Palavra; o encontro com o Cristo-Pão; o encontro com os irmãos que sofrem; e o encontro missionário”, lê-se no texto-base.

Assim, de acordo com a reflexão apresentada, a Igreja no Brasil vai reavivar os quatro pilares da ação evangelizadora — Palavra, Pão, Caridade e Ação Missionária — propostos pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE, 2019-2023). Desta forma, espera-se dos cristãos católicos a tomada de consciência de que não existe evangelização sem encontro interpessoal.

As reflexões sobre o tema proposto no texto-base da campanha também retomam explicações do Papa Francisco para edificar a cultura do encontro, em especial a partir de trechos da encíclica Fratelli Tutti, sobre a amizade e a paz social. “A partir deste encontro, entenderemos igualmente que precisamos mais do que nunca nos comprometer com a obra evangelizadora, deixando-nos encontrar, saindo ao encontro do outro e promovendo a cultura do encontro”, diz um trecho do Texto-Base.

Outras ações financiadas

A distribuição dos recursos é feita da seguinte forma: 45% do montante arrecadado permanecem na diocese para subsidiar a ação missionária, evangelizadora e pastoral da própria Igreja local; 20% do total arrecadado são encaminhados para os regionais da CNBB, com a mesma finalidade, sustentar as estruturas regionais de evangelização; e os demais 35% destinam-se à CNBB nacional, de forma a garantir iniciativas e estruturas evangelizadoras em todo o Brasil, especialmente nas regiões mais carentes.

Os recursos da Coleta para a Evangelização garantem que a Igreja no Brasil dê continuidade ao anúncio e testemunho do Evangelho desde as áreas missionárias até às periferias das grandes cidades, passando pelas ações pastorais e pela articulação das comunidades eclesiais missionárias, além de contribuir para a manutenção da CNBB. Diversas iniciativas pastorais nos regionais e nacionalmente são apoiadas com recursos da Coleta para a Evangelização.

A presidente do CNLB, Sônia de Oliveira, avalia que os recursos têm contribuído muito para a organização do laicato no Brasil, seja para formação, garantir uma relação mais próxima das ações regionais, elaboração de material pedagógico e formativo. “No tempo da pandemia, o recurso nos permitiu adquirir equipamento para a comunicação o que facilitou um acesso maior junto aos leigos e leigas do Brasil”, disse.

Os recursos contribuíram ainda na viabilização de importantes publicações como Estudo 114 da CNBB – Em 2021, foi publicado o Estudo 114 da CNBB: “E a Palavra habitou entre nós” (Jo 1,14) – Animação Bíblica da Pastoral a partir das comunidades eclesiais missionárias, do “Celebrar em Família” subsídio que foi ofertado, durante a pandemia, pela Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O material começou a ser elaborado e disponibilizado para download diante da necessidade de isolamento social para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.

CNBB Nacional

Compartilhe esta notícia:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
Últimas Notícias
                  
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Esqueceu a senha
Inscreva-se