(31) 3224-2434
(31) 3224-0017
Artigo
            Publicações             Artigos             Testemunhar o nosso Batismo!
Testemunhar o nosso Batismo! 07 de Janeiro de 2020 Dom Eurico dos Santos Veloso Artigo dos Bispos
Dom Eurico dos Santos Veloso
Dom Eurico dos Santos Veloso Arcebispo Emérito de Juiz de Fora - MG
A a     

A Festa do Batismo do Senhor marca o início do ministério público de Nosso Senhor Jesus Cristo. Jesus, o enviado do Pai ao mundo, é agora manifestado como seu Filho amado; e, com a unção do Divino Espírito Santo, é investido da missão de Profeta, Sacerdote e Rei. Tal investidura será manifestada a partir de agora em sua vida pública pelas curas por Ele realizadas; pelos exorcismos, nos ensinamentos e pregações, nas acolhidas dos pobres, excluídos e pecadores e, sobretudo, no mistério pascal, em sua paixão, morte e Ressurreição, para onde toda a sua atividade pública aponta e onde essa atividade encontra seu significado.

A liturgia da Epifania tem como cenário de fundo o projeto salvador de Deus. No batismo de Jesus nas margens do Jordão, revela-se o Filho amado de Deus, que veio ao mundo enviado pelo Pai, com a missão de salvar e libertar os homens. Cumprindo o projeto do Pai, Ele fez-Se um de nós, partilhou a nossa fragilidade e humanidade, libertou-nos do egoísmo e do pecado e empenhou-Se em promover-nos, para que pudéssemos chegar à vida em plenitude.

A primeira leitura(cf. Is 42,1-4.6-7) anuncia um misterioso “Servo”, escolhido por Deus e enviado aos homens para instaurar um mundo de justiça e de paz sem fim. Investido do Espírito de Deus, Ele concretizará essa missão com humildade e simplicidade, sem recorrer ao poder, à imposição, à prepotência, pois esses esquemas não são os de Deus.

No Evangelho(cf Mt 3,13-17), aparece-nos a concretização da promessa profética: Jesus é o Filho/”Servo” enviado pelo Pai, sobre quem repousa o Espírito e cuja missão é realizar a libertação dos homens. Obedecendo ao Pai, Ele tornou-Se pessoa, identificou-Se com as fragilidades dos homens, caminhou ao lado deles, a fim de os promover e de os levar à reconciliação com Deus, à vida em plenitude.

A segunda leitura(cf. At 10,34-38) reafirma que Jesus é o Filho amado que o Pai enviou ao mundo para concretizar um projeto de salvação; por isso, Ele “passou pelo mundo fazendo o bem” e libertando todos os que eram oprimidos. É este o testemunho que os discípulos devem dar, para que a salvação que Deus oferece chegue a todos os povos da terra.

O Batismo foi realmente um marco divisório em sua vida. Jesus já não volta mais para o seu trabalho de carpinteiro, nem continua morando com Maria Santíssima, sua Mãe; deixa a sua vida escondida e inicia sua missão profética de proclamar a todos os homens e mulheres de boa vontade a Boa Notícia de um Deus que é amoroso e misericordioso, Pai, que quer salvar a todos sem distinção. Se o Batismo de Jesus foi sua unção para iniciar a sua nova missão e se o nosso Batismo significa adesão ao Evangelho, abertura ao Divino Espírito Santo e entrada na comunidade cristã, a culminação de um processo de conversão e a aceitação consciente e responsável da fé cristã.

A Igreja batiza as crianças quando elas são pequenas, porque oferece a elas o que há de melhor na vida, a adoção divina, a libertação do jugo do pecado original desde cedo e a integração das crianças na comunidade cristã e, adentrando os umbrais da Santa Mãe Igreja, iniciam o seu processo de conversão, que deverá ser ratificado mais tarde pelo Sacramento da Crisma, quando deverão percorrer o seu itinerário pessoal de fé.

Vamos tomar consciência da importância de nosso Batismo e dos nossos compromissos batismais que são: morrer com Cristo para nossa condição de pecadores, assumir com Cristo a nova vida de filhas e filhos amados, escolhidos, preferidos e chamados nominalmente por Deus Trino para assumir com Cristo a sua missão de irradiar e contagiar a todos com o amor insondável de Deus que é Papai – Abba, amando a todos como Jesus amou. O Verbo habita entre os seres humanos! Vamos dar testemunho de nosso batismo!

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
Últimas Notícias
                  
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Esqueceu a senha
Inscreva-se