(31) 3224-2434
(31) 3224-0017
 Área do Usuário Entre ou cadastre-se
Artigo
            Publicações             Artigos             Reunião dos Bispos da Província de Mariana
Reunião dos Bispos da Província de Mariana 27 de Setembro de 2021 Dom Antônio Carlos Félix Artigo dos Bispos “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”
Dom Antônio Carlos Félix
Dom Antônio Carlos Félix Bispo Diocesano de Governador Valadares - MG
A a     

No dia 23 de setembro, das 09h às 12h, foi realizada a primeira reunião online da Província Eclesiástica de Mariana, com a presença de bispos, coordenadores de Pastoral, vigários gerais e episcopais, agentes de Pastoral. A pauta da reunião foi a Sinodalidade, tema muito bem apresentado pelo cônego Lauro Versiane, da Arquidiocese de Mariana, que falou com muita propriedade, clareza e boa didática.

Esse assunto foi tratado nessa reunião da Província porque, em 07 de setembro, aconteceu a apresentação do Documento Preparatório do Sínodo dos Bispos, cujo tema é: “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. Desde então, as dioceses do mundo inteiro estão se organizando para corresponderem a este grande desafio.

O início oficial com o Papa será em Roma nos próximos dias 9 e 10 de outubro e, no dia 17 do mesmo mês, começa o processo sinodal em cada uma das Igrejas particulares.

Que fique claro que a Igreja sinodal, que o Papa Francisco nos pede para construir, tem a marca da humildade. É uma Igreja que se reconhece como instrumento nas mãos de Deus. É a Igreja da escuta, pois uma Igreja sinodal não me coloca acima do outro, mas a caminho com ele. A escuta pressupõe a humildade de me perceber a caminho com outros.

A sinodalidade não é apenas um método ou um conjunto de estruturas, mas um modo de ser Igreja: uma Igreja que se reconhece humildemente a caminho; uma Igreja que não é autossuficiente, autorreferencial, clericocêntrica e na qual os fiéis leigos não são apenas destinatários passivos da ação dos ministros ordenados nem somente cumprem ordens daqueles que presidem às comunidades.

O processo sinodal é espaço para escutar o que o Espírito diz às Igrejas, através da Palavra de Deus e das diferentes vozes e opiniões. Ele dá lugar à pluralidade num caminho de comunhão procurando um consenso com a contribuição de todos. Por isso, no processo sinodal, as diferentes vozes precisam estar necessariamente presentes. O consenso e a comunhão aparecem no final do percurso. Porém, para isso, como disse o Papa Francisco: “cada um deve falar com liberdade e escutar com humildade”.

A Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos acontecerá em outubro de 2023, mas até lá há um longo caminho a percorrer nas fases diocesana e continental. Um caminho conjunto de comunhão, participação e missão. Para que mais do que “produzir documentos” seja possível “fazer florescer a esperança”.

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
Últimas Notícias
                  
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Esqueceu a senha
Inscreva-se