(31) 3224-2434
(31) 3224-0017
Artigo
            Publicações             Artigos             Natal do Senhor - Missa da noite de Natal
Natal do Senhor - Missa da noite de Natal 04 de Janeiro de 2021 Dom Eurico dos Santos Veloso Artigo dos Bispos Hoje nasceu para nós o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (cf. Lc 2,11)
Dom Eurico dos Santos Veloso
Dom Eurico dos Santos Veloso Arcebispo Emérito de Juiz de Fora - MG
A a     

Após as quatro semanas do Tempo do Advento, hoje iniciamos o Tempo do Natal, onde celebramos o nascimento e a manifestação de Jesus Cristo como homem e divindade. Tudo isto é realizado para proporcionar o imenso Amor de Deus para Sua criação, assim “resplandecer esta noite santa com a claridade da verdadeira luz” (cf. Oração do Dia da Noite de Natal).

A Primeira Leitura, retirada do Livro do Profeta Isaías (Is 9,1-6), anuncia a chegada de um menino que será uma grande luz para o povo que andava na escuridão. Onde a salvação é concretizada através do Filho. (...) “ele traz aos ombros a marca da realeza; o nome que lhe foi dado é: Conselheiro admirável, Deus forte, Pai dos tempos futuros, Príncipe da Paz” (cf. Is 9,5).

O Salmo - Sl 95,1-2a.2b-3.11-12,13 (R. Lc 2,11) – rejubila a graça que a humanidade obteve com o nascimento do Salvador, a qual “governará o mundo todo com justiça, e os povos julgará com lealdade” (cf. Sl 95,13). Portanto, a imensa felicidade é vivificada no céu, na terra, no mar, nas matas e florestas, pois a salvação e os prodígios de Deus são dados entre todos os povos do universo.

O Evangelho de Lucas (Lc 2,1-14), é nos apresentado a concretização da promessa profética: Jesus, o menino de Belém, da cidade de Davi, o Verbo Divino, se encarnou e habitou entre nós. Ora, como anuncia o próprio Anjo aos Pastores: “Hoje, na cidade de Davi, nasceu para vós um Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: Encontrareis um recém-nascido envolvido em faixas e deitado numa manjedoura” (cf. Lc 2,11-12). Tudo isto é para que Cristo Jesus, que nasce pobre em Belém, está entre nós com os sinais de salvação a todos, sobretudo aos pobres e marginalizados, onde tal proposta é oferecida com ternura e amor, e não por imposição.

Ora, a Segunda Leitura extraída da Carta de São Paulo a Tito (Tt 2,11-14), o apóstolo enfatiza a Graça que Deus enviou a todos os homens através da sua manifestação e, posteriormente, pela entrega de seu Ser “para nos resgatar de toda maldade e purificar para si um povo que lhe pertença e que se dedique a praticar o bem” (cf. Tt 2,14).

Enfim, imersos na Palavra da Liturgia desta Noite de Natal, possamos nos comprometer a intensificar a nossa fé e nossa esperança Naquele que nasceu em meio da nossa miséria. E “alegremo-nos todos no Senhor: hoje nasceu o Salvador do mundo, desceu do céu a verdadeira paz”! (Antífona de Entrada)

Oh! Vinde adoremos! O Salvador! Feliz Natal! Saudações em Cristo!

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
Últimas Notícias
                  
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Esqueceu a senha
Inscreva-se