(31) 3224-2434
(31) 3224-0017
Artigo
            Publicações             Artigos             Igreja, a Casa de Todos
Igreja, a Casa de Todos 14 de Outubro de 2020 Dom Gil Antônio Moreira Artigo dos Bispos "As novas pinturas internas da Catedral"
Dom Gil Antônio Moreira
Dom Gil Antônio Moreira Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora - MG
A a     

No dia 1º de outubro do corrente ano de 2020, quando Deus nos possibilitou celebrar a Missa do Santo Crisma, transferida da Quinta Feira-Santa por motivo da pandemia da Covid-19, inauguramos as novas e belas pinturas internas da Catedral. A ornamentação artística é de autoria de Marcos Machado Monteiro, Marco Tulio Fernandes Nogueira e Sirlene Trindade.
 
Tais obras, iniciadas em agosto de 2016, foram concluídas no dia de São José, 19 de março passado, e foram abençoadas na festa de Santo Antônio, nosso excelso Padroeiro. Elas se compõem, uma parte, de restauro e outra de complementação das obras iniciadas na década de 1950, e, não se sabe porque, paralisadas em menos de sua metade, tendo sido recobertas de tinta branco-gelo por muitos anos.
 
Do projeto inicial percebido pelas prospecções realizadas nas paredes, acrescentamos, por nossa iniciativa, as frases bíblicas e hagiográficas, e também as novas pinturas da cúpula, já inauguradas na Páscoa de 2015, obra do artista pouso-alegrense Roberto José Pereira, entre 2013 e 2015, certos de que tudo isso enriquece o diálogo dos fiéis com as mensagens de tais elementos artísticos das paredes, dos tetos e da mencionada cúpula.
 
Queremos oferecer a Nosso Bom Deus esta obra que deseja refletir o imenso amor dos fiéis e do Clero desta Arquidiocese a Jesus Eucarístico, a Eterna presença do Emanuel, Deus conosco, observando que a pintura central e mais elevada é a cena da partilha de Emaús, que comparece sobre o altar-mor.
 
Recordemos que todos os espaços litúrgicos, sobretudo os ornamentados com beleza e arte, são também casa do povo de Deus em marcha, onde todos têm seu lugar garantido. Nela, os pobres não são desprezados e nem excluídos, pois aqui também se encontram, em nível de igualdade o seu espaço, sem discriminação e nem diferenças. Sabem que aquele ambiente belo, que muitas vezes não podem obter em casa como gostariam, ou não podem gozar no meio social, a não ser pagando entradas, aqui os têm de forma totalmente gratuita, e mais que isso, sentindo que é sua casa, onde podem encontrar com as maravilhas que Deus, por misericórdia, nos proporciona.
 
Pela via pulchritudinis, o coração se eleva a Deus e Deus se abaixa misericordiosamente ao coração humano. Deus é belo, autor da beleza, da bondade e da verdade; criador das maravilhas que veremos, em plenitude, no eterno Lar.

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
Últimas Notícias
                  
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Esqueceu a senha
Inscreva-se