(31) 3224-2434
(31) 3224-0017
Artigo
            Publicações             Artigos             Ano da família Amoris Laetitia
Ano da família Amoris Laetitia 23 de Março de 2021 Dom Eurico dos Santos Veloso Artigo dos Bispos “A ALEGRIA DO AMOR que se vive nas famílias é também o júbilo da Igreja” (Francisco PP.)
Dom Eurico dos Santos Veloso
Dom Eurico dos Santos Veloso Arcebispo Emérito de Juiz de Fora - MG
A a     

No dia 19 de março de 2021, Solenidade de São José Esposo da Virgem Maria, iniciamos o Ano da Família Amoris Laetitia proclamado pelo Papa Francisco, em que a intenção é o crescimento no amor familiar. A data foi especialmente escolhida pois comemora-se os cinco anos da publicação da Exortação Apostólica Amoris Laetitia, escrita por Sua Santidade, o Papa Francisco e que, tal exortação, será a base da reflexão deste Ano de Júbilo pela Família.

Trazer a reflexão da Exortação Apostólica é uma maneira de “reavivar a nossa consciência sobre a importância do matrimônio e da família (...) uma proposta para as famílias cristãs, que as estimule a apreciar os dons do matrimónio e da família e a manter um amor forte e cheio de valores como a generosidade, o compromisso, a fidelidade e a paciência;(...) encorajar todos a serem sinais de misericórdia e proximidade para a vida familiar, onde esta não se realize perfeitamente ou não se desenrole em paz e alegria.” (cf. Amoris Laetitia, Francisco PP.)

Ora, a Família é a instituição decisiva para qualquer sociedade, principalmente para a construção de uma sociedade Justa e de Equidade, pois através do crescimento do amor fraterno, ele transborda os limites dos lares e atinge a sociedade como um todo para, efetivamente, livrar-se de qualquer ação que o individualismo possa afastar a verdadeira comunhão da Família maior que é a dos Filhos de Deus.

Portanto, “todos somos chamados a manter viva a tensão para algo mais além de nós mesmos e dos nossos limites, e cada família deve viver neste estímulo constante. Avancemos, famílias; continuemos a caminhar! Aquilo que se nos promete é sempre mais. Não percamos a esperança por causa dos nossos limites, mas também não renunciemos a procurar a plenitude de amor e comunhão que nos foi prometida” (cf. Amoris Laetitia, Francisco PP.).

Quantas famílias, neste tempo da pandemia da COVID-19, estão desestruturadas. Falta-lhes o sustento necessário de um trabalho registrado com todos os direitos e justa remuneração. Muitos estão desempregados. Outros estão cansados pelo trabalho exaustivo nos hospitais, nas UTIS, nos CTIS, nos prontos atendimentos. Quantos pais veem as suas famílias destruídas pela violência ou pela polarização política e ideológica que assola a nossa Nação?

Quero colocar, junto de São José, todas as famílias. Rezo por todos os pais para que seguindo o senso de justiça do operário São José cada vez mais sejam santificadores do labor diário pela oração e pelo trabalho honesto e criativo.

Vivamos intensamente este ano que é de oração e de valorização da família! Que a Sagrada Família de Nazaré: Jesus, Maria e José, seja nossos protetores neste Ano da Família Amoris Laetitia. Vivenciando intensamente os dizeres do Amor de Deus na Construção de uma civilização Justa e de Equidade.

Saudações em Cristo!

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
Últimas Notícias
                  
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Esqueceu a senha
Inscreva-se