(31) 3224-2434
(31) 3224-0017
Artigo
            Publicações             Artigos             A vida no espírito
A vida no espírito 10 de Julho de 2014 Dom Eurico dos Santos Veloso Artigo dos Bispos Deus quer para nós a felicidade, mas o caminho para a felicidade não é o caminho mais fácil.
Dom Eurico dos Santos Veloso
Dom Eurico dos Santos Veloso Arcebispo Emérito de Juiz de Fora - MG
A a     

O capítulo 8 de Romanos pode ser resumido nesta frase: a vida no Espírito. Neste capítulo, Paulo apresenta os princípios básicos que orientam a vida do cristão: o Espírito que comunica vida e a filiação divina.

Os versículos da liturgia deste domingo são o desenvolvimento do primeiro princípio básico que orienta a vida do cristão: o Espírito que comunica vida.

Para São Paulo, há uma força capaz de quebrar o circuito fechado do egoísmo, pecado e morte. Essa força é o próprio projeto de Deus revelado em Jesus morto e ressuscitado, que comunica seu espírito.

Aderir a Jesus na fé e assumir o Batismo enquanto compromisso com o Espírito de Jesus é a forma de passar de vida segundo a carne à vida segundo o Espírito. Em Jesus, Deus anistiou a humanidade envolta e arrastada pelo egoísmo. Com a ressurreição de Jesus, fomos feitos vitoriosos e ressuscitados com Ele, aptos a possuir a vida em plenitude.

Contudo, passar da vida segundo a carne à vida no Espírito não é um gesto mecânico, mas comporta grande dose de risco, desafio e morte às obras do corpo. É fruto de opção consciente, acompanhada pelo sério compromisso de viver segundo o Espírito que animou Jesus, que é o Espírito de vida. Portanto, fazer viver em nós “o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos” é reproduzir na nossa condição humana aquelas opções de vida que orientaram Jesus até o fim, passando do egoísmo à doação plena; é recompor o ser humano, que não é vítima de fatalismo cego, mas construtor da vida que reflete a própria vida que Deus deseja à humanidade. As relações sociais adquirem sua verdadeira feição, eliminando tudo o que possa conduzir à injustiça e à morte.

É necessário que estas palavras de São Paulo calem fundo no nosso coração e na nossa mente para que a entendamos e a coloquemos em prática.

Deus quer para nós a felicidade, mas o caminho para a felicidade não é o caminho mais fácil.

 

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
Últimas Notícias
                  
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Área do Participante
Esqueceu sua senha? Ainda não tem cadastro? Clique aqui.
Esqueceu a senha
Inscreva-se